Quem sou eu?

A minha fotografia

Anteriormente conhecida como v_crazy_girl, a 30 de Agosto de 2014 essa conta foi apagada, tendo assim decidido criar algo mais pessoal e próprio para o blogue literário de longa data.

Na Mesa de Cabeceira...

Na Mesa de Cabeceira...
"Se Conhecessem a Minha Irmã..." de Michelle Adams

Passatempo

Passatempo
Até 3 de Setembro

Seguidores

Com tecnologia do Blogger.

Facebook

Arquivo do Blogue

terça-feira, 15 de agosto de 2017
Autor: Katharine McGee
ISBN: 9789896579340
Edição ou reimpressão: 06-2017
Editor: Editorial Planeta
Páginas: 384

Sinopse:
Uma torre de mil andares. A visão brilhante de um futuro onde tudo é possível se assim o desejarmos. Nova Iorque, cidade de sonhos e inovação daqui a cem anos. Todos querem qualquer coisa… e todos têm algo a perder. O exterior impecável de Leda Cole esconde um vício secreto por uma droga que nunca devia ter experimentado e por um rapaz em quem nunca devia ter tocado. A vida bela e descuidada de Eris Dodd-Radson desmorona-se quando uma traição lhe destrói a família. O trabalho de Rylin Myers num dos andares mais altos mergulha-a num mundo e num romance inimaginável… mas essa vida nova custar-lhe-á a que tinha antes? E a viver acima de todos, no milésimo andar, está Avery Fuller, uma rapariga que parece ter tudo, mas que vive atormentada pela única coisa que nunca poderá ter.
Segredos, escândalos e traições numa Nova Iorque como nunca a viu.


Opinião:
Que capa lindíssima! O vestido flutuante faz todo o efeito necessário para querer ler a narrativa mas a juntar isso à sinopse fantástica deste livro... Sem dúvida alguma que o livro, que aparentava ser um young adult e também o provou ser, teria todos os ingredientes que gosto num livro. E acabei por lhe pegar assim que tive oportunidade.

Cinco jovens, cinco vidas ligadas por uma personagem principal e por todos viverem no mesmo prédio, uma enorme torre com mil andares. Avery é a jovem mais rica da torre, vivendo por isso no milésimo andar (quando maior o andar, maior a riqueza da pessoa), acabando por ser a personagem que conhece todos os outros personagens, pois a história é contada de cinco pontos de vista diferente. Sendo a mais rica e com pais que são considerados dos melhores cientistas do país, Avery é lindíssima, tendo nascido geneticamente modificada para assim o ser. Mas dentro do corpo de barbie de Avery, esta gosta de pensar que ainda encontrará alguém que gostara dela pelo que é internamente e não externamente.

Leda é a melhor amiga de Avery, uma rapariga que também mora num dos andares mais altos da torre e que se revela uma falsa e interesseira ao longo de toda a narrativa, tendo-se tornado na personagem de que menos gostei em toda a história.

Eris é a amiga mais antiga de Avery, mas cuja vida começa a cair aos bocados quando descobre as dívidas em que a família estava medida, acabando por "cair" centenas de andares, o que se traduz em cair na pobreza extrema. Sem dúvida uma das personagens mais interessantes da história, que acabou por ser muitíssimo bem desenvolvida.

Rylin sempre fora pobre mas agora que a sua mãe falecera, tinha-se apenas a si mesma para cuidar de si e da irmã. Fazia turnos que nem louca e tentava que a irmã não se tivesse que preocupar com nada na vida. Até que acaba por ficar com alguns dos trabalhos da mãe, começando a limpar alguns dos andares mais elevados...

Por fim temos Watt, outro personagem extremamente interessante. Um rapaz "normal" que nem pertence aos mais ricos mas também não pertence aos mais pobres, com um cérebro que poucos possuem, literalmente. Outra personagem que foi muitíssimo bem desenvolvida.

A história é extremamente interessante por ser vista de diversas perspectivas, a autora agarrou num conceito que muitos poderiam pensar que já estava gasto e criou algo novinho em folha. O início do livro conta de imediato o final, e ficamos a saber que alguém morre, caindo do milésimo andar. Não sabemos quem é... Não percebemos se foi sem querer ou se foi de propósito. Apenas sabemos que algo levará a que o mundo perfeito que nos é apresentado desapareça num abrir e fechar de olhos.

Foi um livro que adorei. Cada personagem é especial, temos os que adoramos, os que odiamos e os que simplesmente servem de fio condutor. Conhecemos o mundos dos ricos e dos pobres e vemos como os seus dia a dia moldam as personagens.

Um livro que recomendo e fico à espera da continuação, pois quero imenso saber como irá continuar esta história. 
sábado, 12 de agosto de 2017


Com o precioso apoio da Quinta Essência, vimos oferecer um exemplar do livro "A Química do Amor" de Emily Foster.

Se querem ter a oportunidade de ganhar este maravilhoso exemplar é só responder às pequenas e simples questões que se seguem. Todas as respostas podem ser encontradas no blogue ou após uma curta pesquisa pela internet. Boa sorte e boas leituras!!

Regras do Passatempo:
1) O Passatempo decorrerá até às 23h59 do dia 3 de setembro (domingo).
2) Só é válida uma participação por pessoa.
3) Participações com respostas erradas e/ou dados incompletos serão automaticamente anuladas.
4) O vencedor será sorteado aleatoriamente pela administração do blogue, será contactado por email e o resultado será anunciado no blogue.
5) O envio do prémio será realizado por mim, via CTT.
6) Só são aceites participações de residentes em Portugal Continental e Ilhas.
sexta-feira, 11 de agosto de 2017
quinta-feira, 10 de agosto de 2017
E chegou ao fim mais um passatempo!

Quero agradecer imenso à Chiado Editora pelo apoio e a todos que publicitaram este passatempo nos seus blogs e fóruns.

As respostas são:
1) Campo.
2) Abril de 2017.

E o vencedor, escolhido através do site random.org, é:
24 - Ângela Maria da Costa Pereira

Parabéns ao vencedor!
Espero que goste deste livrinho!
quarta-feira, 9 de agosto de 2017
Autor: Terry Brooks
ISBN: 9789896379087
Edição ou reimpressão: 01-2016
Editor: Saída de Emergência
Páginas: 528

Sinopse:
Milhares de anos depois da destruição do mundo tal como o conhecemos, uma nova lei impera sobre o mundo: a da magia. No entanto, avizinha-se uma ameaça terrível: uma horda de demónios impiedosos começa a trazer a morte e a destruição sobre todos os povos. Apenas Wil Ohmsford, último herdeiro da linhagem de Shannara, detém o poder para proteger a princesa Amberle numa demanda impossível para salvar o mundo. Mas quando o próprio Ceifador lidera as hostes negras para os capturar, será Wil capaz de controlar a magia das misteriosas Pedras Élficas de Shannara?


Opinião:
Já tinha visto a série que tinha sido inspirada neste livro e tinha imenso receio do que ia encontrar. Por norma os livros são bem melhores do que as séries, mas eu sinto-me sempre "enganada" se primeiro vir o filme e apenas no final ler o livro. Acho que é sempre preferível ao contrário (livro - filme). E acho que este é um daqueles livros... piores que o filme (neste caso série). Não, não é um mau livro, mas nota-se que na série decidiram aprofundar mais os personagens e as suas maneiras de ser e laços uns com os outros. E aqui isso não aconteceu...

A linha de Shannara está perto do fim. Apenas sobra Will Ohsmsford, um meio elfo que estava habituado a viver feliz e sossegado no bosque sem ninguém a quem prestar contas. Um ser que sempre escondera as suas orelhas, a única prova que também tem sangue élfico. Prefere manter tal facto escondido, especialmente agora que os caçadores frutíferos fazem de tudo para apanhar umas quantas orelhas de elfo, que valem uma fortuna.

Mas quando menos espera aparece o grande Allanon, um feiticeiro, o último da sua espécie, para vir buscar Will. Há várias décadas atrás os maiores e melhores elfos e feiticeiros fecharam todos os espíritos maus e cruéis do mundo na Ellcrys, uma árvores mágica em que cada folha era um ser aprisionado. Esta árvore era guardada na terra do elfos e todos os anos novos guardiões eram nomeados. Durante o recente ano aperceberam-se de algo muito grave... a Ellcrys estava a morrer e a libertar os demónios que havia aprisionado e isso acordara Allanon, que percebera que apenas alguém com sangue da linha de Shannara poderia acompanhar a princesa Amberle, a última protetora viva da árvore, de forma a salvarem o mundo...

Durante toda a viagem temos uma visão diferente deste mundo que já nos tinha sido apresentado anteriormente (no primeiro livro da saga), e é giro ver como tanta coisa mudou. Como menos povos existem, e como alguns dos mais poderosos tentam manter-se à margem para viverem as suas vidas sossegados. As personagens não foram tão desenvolvidas como na série e parece que as compreendemos menos e sentimos menos afinidade por elas do que na série. Acho que de todas as personagens, a única que se desenvolveu melhor no livro foi Amberle, a princesa. Mas de resto...

O Will de quem gostei muito na série aqui era um pau mandado... O Allanon ainda me pareceu mais mandão do que na série. E Eretria, a minha personagem favorita de toda a série parecia uma "oferecida" que tudo faria pela liberdade. Acho que gostei mais da série, algo que não é costume. A escrita do autor é mais "antiga" nota-se que gosta de escrever lentamente, de desenvolver a história de forma lenta o que por vezes me cansava - afinal de contas eu gosto de histórias mais rápidas.

Apesar disso, a história é muito boa e o final, se não fosse o eu conhecer a série, teria sido uma grande surpresa. Um livro que não é do agrado de todos, não pela história, mas pela escrita do autor, mas que recomendo a experimentarem e tirarem as vossas próprias conclusões.
segunda-feira, 7 de agosto de 2017

Já não fazia este post há tanto tempo!!

Tenho continuado a guardar as imagens no computador de todos os livros que recebo, mas entre o meu trabalho principal e o meu part time, tem-me sobrado muito pouco tempo para este meu cantinho. E agora nas férias achei que seria o melhor momento para lhe dar uma lufada de ar fresco.


Livros de editoras! Agora com agosto vou ter tempo de pôr várias leituras em dia (altura de férias das editoras). Muito obrigada a todas as editoras que me têm apoiado ao longo do ano e que o continuam a fazer!

 
 





Sim, portei-me bem na Feira do Livro de Lisboa e este foi o único livro que veio comigo. Digam lá se não tive um bom auto controlo? Uma duologia que tinha há anos um dos livros mas nunca mais tinha encontrado o outro.


E por fim alguns ebooks. Tenho imensa curiosidade para o da Paullina Simons...

 

E as vossas compras/leituras?
domingo, 6 de agosto de 2017
Autora: Julie Anne Long
ISBN: 9789897417191
Edição ou reimpressão: 05-2017
Editor: Quinta Essência
Páginas: 352

Sinopse:
A sociedade londrina está em estado de choque. O cobiçado Colin Eversea acaba de ser condenado à morte. E embora a sua vida não seja exemplar, trata-se de uma punição injusta para um crime que não cometeu. Mas os Eversea são conhecidos por escapar à tragédia por uma unha negra, e Colin confirma a regra. No derradeiro momento, é salvo por uma figura misteriosa…
Ele pensa estar a salvo, mas…
A calculista Madeleine Greenway não sabe quem é Colin, nem quer saber. Interessa-lhe apenas a fortuna que vai receber pelo rapto dele. Mas quando a pessoa que a contratou tenta matá-la, ela percebe que ambos têm a cabeça a prémio. 
Têm, também, um forte interesse em comum: viver para realizar os seus sonhos. Colin ainda não desistiu de conquistar a mulher que ama. E Madeleine anseia por uma vida nova na América. Motivos mais do que suficientes para se unirem na busca pela verdade. Juntos, enfrentarão o pior dos perigos… e a maior das tentações…
Perigo, Prazer… e Fuga é o primeiro volume de uma apaixonante série que nos relata as aventuras e desventuras, amores e intrigas dos habitantes da vila britânica de Pennyroyal Green.


Opinião:
Já sabem que sou louca por capas... por isso adivinham o que foi que me apaixonou de imediato neste livro! Claro... a capa!! É lindíssima. Os tons, as imagens, o cenário. Adorei tudo e como não podia deixar de ser e graças ao meu vício por capas, tive que o ler.

Colin foi acusado de assassinado. Apesar de mulherengo e de gostar de contornar as regras, Colin nunca fizera nada de perto com assassinado, mas quando apanhado no sítio errado à hora errada e ainda por cima com supostas testemunhas, vê-se a andar até ao cadafalso, algo que nunca pensara. Mas no último minuto é resgatado (ou raptado?) por alguém...

Esse alguém é Madeline. Uma mulher muitíssimo inteligente e com uma beleza que não passa despercebida a Colin. Uma pessoa que nota-se que teve uma educação socialmente alta, mas que de momento se encontra a raptar Colin pelo que parece uma boa recompensa, que acaba em tentativa de assassinado de ambos!!

Decidem então juntar-se para descobrirem quem os tentou tramar, Madeline para recuperar o resto da recompensa (pois o seu trabalho havia sido realizado) e Colin para tentar ser ilibado de um crime que não cometera e descobrir o verdadeiro culpado.

Como não podia deixar de ser nesta altura cheia de calor, um livro como este é o que está a apetecer. Um romance histórico com o típico romance que começa mal e parece que vai ainda para pior, mas a certa altura as personagens começam a conhecer-se a relacionar-se e a perceber que afinal poderia existir ali alguma coisa. Durante os diversos dias que Madeline e Colin passam juntos começam a conhecer-se e por muita picaria e línguas afiadas, conseguem ver os verdadeiros eu de cada um deles e isso acaba por os aproximar. Essa aproximação inicialmente lenta, acaba por trazer um novo romance e acabam por perceber que se preocupam mais um pelo outro do que esperavam.

As personagens são ambas fortes e a sua relação é muito divertida, permitindo ao leitor soltar umas quantas gargalhadas enquanto lê este livro. Em Madeline vemos uma mulher lutadora e decidida a conseguir sobreviver sozinha. Em Colin vemos um homem que afinal não é apenas o que aparenta e que acaba por se mais bondoso e amoroso do que parece.

Um livro que gostei e foi sem dúvida uma boa leitura.